Adobe avisa: quem usa versões antigas do Creative Cloud pode ser processado

1 min de leitura
Imagem de: Adobe avisa: quem usa versões antigas do Creative Cloud pode ser processado
Avatar do autor

Quem ainda utiliza versões antigas de softwares do pacote Adobe Creative Cloud precisa atualizar imediatamente os programas. Quem avisa é a própria desenvolvedora, que explicou a situação em um comunicado enviado para os clientes. O recado termina com um aviso: quem descumprir a recomendação e se recusar a migrar para os serviços mais recentes pode acabar processado.

A situação começou a se desenhar na última semana, quando a Adobe informou aos assinantes do Creative Cloud que programas com mais de 2 anos de vida não seriam mais disponibilizados para download. Em seguida, veio a informação de que não só o suporte acabou mas também de que os processos podem começar a aparecer.

Foram afetados os seguintes serviços: Photoshop, Lightroom Classic, Premiere, Animate e Media Director.

Processo de quem?

A responsável pelo processo não é a Adobe, mas sim "parceiras terceirizadas" que têm tecnologias embutidas nos programas, mas cujas licenças expiraram e não podem mais ser utilizadas em serviços da empresa. A página Apple Insider suspeita que a tal marca seja a Dolby, já que recentemente ela entrou com uma ação judicial contra a marca por "infrações de direitos autorais e quebra de contrato".

Segundo o site DPReview, a empresa está guiando os clientes a migrarem para as atualizações mais recentes (e autorizadas) o mais rápido possível. Ainda assim, o tom do comunicado não agradou a muitos usuários, que reclamaram da postura autoritária da marca nas redes sociais.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Adobe avisa: quem usa versões antigas do Creative Cloud pode ser processado