Uma das ações mais criticadas pelos usuários do Windows é a atualização forçada, que foi empurrada pela Microsoft na troca do Windows 78 pelo 10. Além dessa substituição ter se provado um tanto quanto agressiva, até hoje há problemas no download e instalação dos componentes, que vivem chegando com bugs.

Depois de admitir tantas falhas em suas revisões, a companhia de Redmond parece fazer um “mea culpa” e, para acalmar um pouco os críticos e os deslizes mais recentes, a companhia vai liberar uma opção que impede o processo todo automaticamente. Alguns usuários do programa Insider postaram no Reddit uma caixa de diálogo que permite adiar o update.

Além disso, será possível também pausar o recebimento das atualizações entre 7 e 35 dias. Isso tudo pode ser muito útil, pois além de permitir que você possa só baixar e introduzir os pacotes quando eles realmente se provarem seguros, também pode evitar que as conjuntos problemáticos cumulativos continuem na fila, mesmo quando indesejados.

Bem, com certeza todo mundo que usa o sistema operacional da Microsoft vai comemorar bastante essa novidade, que ainda não tem data certa para começar a funcionar — mas, segundo quem recebeu a versão oficial de maio, deve estar disponível muito em breve.

Cupons de desconto TecMundo: