De acordo com o que relatou no Twitter, Jane M Wong, desenvolvedora especializada em privacidade do usuário e engenharia reversa, o Instagram estaria estudando a possibilidade de esconder a contagem de curtidas em fotos de usuários para seus seguidores. Dessa forma, apenas os autores das publicações poderiam ver quantas pessoas deram like no conteúdo.

Wong publicou algumas capturas de tela do Instagram para Android depois de descobrir a novidade no código do app. Ela então conseguiu replicar o feed sem as contagens de curtidas baseada nas pistas de código. Mesmo com a mudança, a rede social deve continuar revelando os nomes de algumas das pessoas que curtem. O dono da postagem pode conferir a contagem e a lista de todos os seguidores que deram like.

Essa versão do app do Instagram ainda informa ao usuário que a novidade ainda está apenas em fase de testes. “Queremos que seus seguidores foquem no que você compartilha, não em quantas curtidas suas postagens recebem”, diz uma mensagem na interface do Instagram.

Na verdade, esse mudança é um protótipo interno e ainda não chegou ao público para teste. Wong  simplesmente encontrou algo que não devia. O Instagram confirmou a possível mudança ao TechCrunch e também explicou suas razões para trabalhar em algo do tipo. “Sempre estamos pensando em explorar formas de reduzir a pressão nos usuários do Instagram”, disse um porta-voz.

Não parece haver planos para esconder a contagem de seguidores de perfis públicos.

Quem ganha com isso?

Pequenos influenciadores podem acabar sendo beneficiados pela novidade, considerando que marcas interessadas em aparecer em seus perfis podem acabar ficando mais interessadas pelo público atingido e pelo conteúdo, jogando o número de likes para escanteio. Essa é apenas uma possibilidade, naturalmente, e talvez o contrário também possa acontecer.

Seja como for, o que você acha dessa mudança? É interessante ter essas contagem escondida do público enquanto apenas o dono da publicação vê essas informações? Deixe a sua opinião sobre o assunto na seção de comentários.