Africa, da banda Toto, vai tocar em looping “infinito” no deserto da África

1 min de leitura
Imagem de: Africa, da banda Toto, vai tocar em looping “infinito” no deserto da África
Avatar do autor

O artista namibiano Max Siedentopf resolveu homenagear uma das maiores bandas de rock da história, o Toto. Ele simplesmente colocou o maior clássico da banda, a faixa "Africa", para tocar indefinida e repetidamente por “toda a eternidade”, no meio do deserto da Namíbia.

De uma forma inusitada, Max instalou sete blocos brancos retangulares, imitando o Stonehenge, em algum lugar do deserto. No pilar do meio está um MP3 player movido à luz solar, e em cada um dos seis pilares em volta existe um alto-falante.

Max explicou que o intuito da homenagem é expor a canção "Africa" na África e fazê-la tocar para sempre. Trata-se de uma das baladas de rock mais conhecidas e tocadas no mundo. Ela foi lançada no álbum Toto IV, de 1982, e chegou ao número 1 da lista Hot 100 da Billboard (EUA) em fevereiro de 1983. No dia 16 de maio de 2013, de forma surpreendente, ela voltou à lista de singles do iTunes na Nova Zelândia, ocupando o primeiro lugar.

A canção também acabou se tornando um meme da internet, depois que tocou em um episódio do desenho "South Park". Na ocasião, "Africa" virou um ícone da nostalgia que envolve a aura dos anos 80.

Max não disse, exatamente, onde criou o “santuário” do Toto, provavelmente para preservar ao máximo a instalação. Ele disse que escolheu as peças buscando valorizar sua durabilidade. No entanto, devido à forte ação do tempo, o conjunto deve parar de funcionar em breve e ser engolido pela areia.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Africa, da banda Toto, vai tocar em looping “infinito” no deserto da África