Depois de a própria Google ter divulgado uma pesquisa mostrando que a utilização de um “modo noturno” no sistema operacional ajuda a economizar bateria em smartphones – especialmente em aparelhos com telas OLED ou AMOLED –, muita gente ficou decepcionada que a opção não foi inclusa no Android Pie. Agora, a fala de um funcionário da empresa aumenta as esperanças de que pelo menos a versão Q do sistema do robozinho pode sim incluir o recurso.

Em uma postagem a respeito do rastreamento de bugs no Chromium, o googler Lukasz Zbylut afirma que o “modo noturno é uma função aprovada do [Android] Q”. Ele diz ainda que a equipe responsável pelo próximo “sabor” do sistema operacional quer se certificar de que todos os aplicativos pré-carregados no software contarão com suporte nativo à interface escura.

O time acredita que, idealmente, todos os elementos da interface devem estar com o tema noturno até maio de 2019 para que o modo seja lançado com sucesso. A ideia é que a função possa ser ativada por meio do no menu Tela, dentro das configurações principais do sistema. A fala do funcionário da Google não garante a presença do modo noturno do Android Q, já que a empresa pode mudar de ideia caso os testes não saiam como esperado, mas a esperança fica.

Cupons de desconto TecMundo: