Entenda como o bug que deletava arquivos do Windows 10 passou despercebido

1 min de leitura
Imagem de: Entenda como o bug que deletava arquivos do Windows 10 passou despercebido
Avatar do autor

No início de outubro, uma grande atualização do Windows 10 foi acompanhada de um bug que causou problemas sérios para alguns usuários. Como noticiado na época, várias pessoas tiveram todos os seus arquivos pessoais deletados após instalarem a nova versão do sistema operacional. Posteriormente, a Microsoft cancelou o envio da atualização e a lançou novamente após resolver o problema. Mas ficamos sem saber como algo tão sério passou despercebido pela companhia.

Agora, uma reportagem do site Windows Central revelou como esse bug chegou à versão final e supostamente estável do Windows 10. De acordo com o veículo, muitos usuários membros do programa Insider, que utilizam versões de teste do sistema para reportar erros, avisaram a empresa que tiveram seus arquivos deletados meses antes do lançamento da atualização.

No entanto, a Microsoft acreditou que se tratava de um bug diferente. De acordo com as fontes que falaram com o Windows Central, a empresa detectou que alguns usuários estavam entrando automaticamente em uma conta de convidado quando acessavam o sistema pela primeira vez após a atualização. Com isso, elas não tinham como ver os arquivos pessoais e alguns programas instalados, levando muitos a pensar que tudo tinha sido deletado.

Empresa desconsiderou futuras reclamações que citavam perda de arquivos

Por esse motivo, engenheiros da Microsoft passaram a simplesmente descartar as reclamações seguintes que falavam em arquivos deletados. Eles achavam que se tratava apenas do mesmo problema anterior e não havia novo bug a ser resolvido. A “solução” encontrada até então foi apenas exibir um aviso quando o usuário entra na conta de convidado, com instruções de como retornar para sua área de trabalho.

Quando relançou a atualização October 2018 sem o erro que apagava os arquivos, a Microsoft também publicou um texto prometendo melhorar o processo de análise das informações enviadas por quem testa o sistema. Entre as novidades nessa área, está a inclusão de uma nota para que o membro do programa Insider possa dizer a gravidade do problema encontrado.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Entenda como o bug que deletava arquivos do Windows 10 passou despercebido