Pode ser que você não curta muito os vídeos verticais, mas nessa era em que todo mundo grava com smartphones nessa posição o tempo todo, fica difícil ignorar essa tendência — especialmente com tanta gente utilizado apps como InstagramSnapchat para isso. A Adobe vem trabalhando para incorporar recursos de inteligência artificial (IA) em seus aplicativos de edição de vídeos e imagens e agora uma novidade vem justamente para cobrir essa área.

A companhia adiantou ao Engadget o protótipo de uma nova funcionalidade para o Premiere Pro CC, chamada de “Smooth Operator”, turbinada pelo Sensei, sistema da empresa para análise em nuvem com IA em tempo real. Ao gravar seu material, você encaminha o arquivo para o programa e apenas seleciona o tipo de saída que você quer — tablet ou smartphone — e em seguida pressiona apenas um botão.

O Sensei analisa o que é chamado de “mapa de saliência” e a rede neural leva em consideração vários fatores, entre eles os objetos os quais nossos olhos costuma se fixar, para compreender cada elemento do registro. Depois disso, ele cria um “trajeto global” que determina todos os segmentos mais relevantes de corte. Confira o exemplo abaixo:

adobeFonte: Engadget

O sistema aceita também outros modelos de cortes, não somente para dispositivos móveis — ou seja, é possível utilizar diferentes tipos de composição, a exemplo de quadrados ou modelos horizontais estreitos. A ideia é transformar o “Smooth Operator” em uma ferramenta de fácil uso, para os mais variados usuários, inclusive para a versão simplificada Premiere Rush CC.

Como nem sempre a IA acerta, é claro que o resultado nem sempre sai 100% como deveria, mas a ideia de aprendizado de máquina é justamente evoluir a cada análise. Por enquanto, ainda não há previsão de distribuição dessa ferramenta.