Você já deve ter ouvido falar dos perigos que pequenas ações podem significar em postos de gasolina, dentre elas falar ao celular e fumar. Acontece que a temperatura de um cigarro aceso é de, aproximadamente, 600 °C, e a gasolina precisa de menos da metade dessa temperatura para pegar fogo. Logo, acender um cigarro em um posto de gasolina não parece ser uma boa ideia, certo?

Acontece que esse problema é tão recorrente que a Microsoft resolveu criar uma inteligência artificial para ajudar a proteger os usuários das pessoas que insistem em fumar nos postos, colocando todos em risco. No projeto desenvolvido pela empresa, foi estruturado um sistema de alarmes impulsionados por IA, para auxiliar os funcionários dos postos a descobrirem quem está infringindo as regras e fumando.

Parece complicado, mas a Microsoft está utilizando câmeras para observar as pessoas e seus comportamentos — principalmente ações específicas, como acender um cigarro. Quando acontece algo suspeito, a IA marca a imagem e a envia para a nuvem, onde uma IA mais desenvolvida determina se é necessário disparar um alarme para alertar as potenciais ações de risco.

Para detectá-las, a Microsoft desenvolveu um sistema de reconhecimento de imagem bem simples que possa funcionar no local com frameworks que trabalhem com a nuvem; afinal, postos de gasolina não costumam ter infraestrutura muito boa para lidar com computadores, certo?

Atualmente, o projeto está em teste em dois postos de gasolina da Shell, um em Cingapura e um na Tailândia.