Microsoft já cravou o fim do suporte para o Windows 7, no dia 14 de janeiro de 2020. Contudo, assim como aconteceu com outro sistema operacional estável que durou um bom tempo na praça, o Windows XP, o Windows 7 deve continuar por aí por muitos anos, especialmente em máquinas do setor corporativo, industrial e educacional. A Gigante de Redmond sabe disso e já pensou em uma solução rentável.

Enquanto aguarda a transição desses usuários para o Windows 10, a companhia afirma que vai oferecer atualizações de segurança mediante pagamento, até 2023. Esses updates serão cobrados por dispositivo e o preço aumentará gradativamente, a cada ano. Ou seja, quanto mais você demorar para trocar, mais terá que desembolsar para manter a proteção da máquina em dia.

A Microsoft disponibilizará esses patches para todos os clientes do Windows 7 Professional e do Windows 7 Enterprise no Licenciamento por Volume, com desconto para clientes com garantia de software do Windows, assinaturas do Windows 10 Enterprise ou do Windows 10 Education. Os clientes Office 365 ProPlus também poderão contar com essa cobertura.