As piadas e temores envolvendo uma possível “revolta das máquinas” sempre aparecem quando falamos em inteligência artificial e não será diferente desta vez. Diversos usuários vêm reclamando que a Google Assistente do Google Home tem se comportado de um jeito estranho, recusando a responder ao comando “OK, Google” e alterando sozinha o idioma para inglês dos Estados Unidos.

Além disso, os relatos afirmam que a “rebeldia” da assistente virtual da Google inclui a mudança do gênero da voz que responde aos comandos dados pelos usuários — masculina para feminina e vice-versa. As reclamações acontecem especialmente no fórum oficial da Assistente.

Google HomeAlguns usuários do Google Home reclamam que a Google Assistente vem se comportando de um jeito estranho.

A Google já está ciente do problema. No mesmo fórum, o time da Gigante da Web responsável pela Assistente afirma que investiga a situação em busca de uma solução definitiva.

“Ei, pessoal. Obrigado por compartilharem a sua opinião sobre este problema, peço desculpas por qualquer inconveniente”, diz a mensagem postada pela Google. “A equipe está ciente deste problema e já procura uma solução estável. Por favor, fiquem à vontade para continuar a atualizar este tópico com qualquer informação adicional”.

Isso tudo não deve se tratar de uma rebelião da Google Assistente estadunidense sobre as suas demais “irmãs”, mas a situação não deixa de ser um tanto bizarra.