Para quem não está muito familiarizado com essa plataforma, o aplicativo Musical.ly permitia que os usuários criassem vídeos curtos, de 15 segundos, com edições de som, fazendo clipes musicais de todo tipo e compartilhando suas criações com outros usuários. 

Por meio de um  comunicado, a empresa avisou que o aplicativo vai ser atualizado para outra plataforma. O conteúdo todo, porém, não vai ser perdido, mas sim remanejado para uma outro app, chamado TikTok, pertencente à empresa chinesa Bytedance. As contas e vídeos do Musical.ly serão automaticamente transportados para o novo aplicativo.

O aplicativo também apresentará novos recursos, incluindo: um recurso de 'reação', que permite ao usuário reagir aos vídeos dos amigos diretamente do telefone, e filtros do tipo realidade virtual

Com cerca de 100 milhões de usuários ativos desde 2014, o Musical.ly foi vendido para a Bytedance por cerca de US$ 1 bilhão, ou R$ 3,7 bilhões, ainda em novembro de 2017. Quem possui o aplicativo instalado não precisa se preocupar: na próxima atualização ele vai automaticamente “se transformar” no app da TikTok.

As funcionalidades já encontradas no musical.ly permanecem as mesmas. Contas, conteúdo e base de fãs dos criadores seguem intactas. "O TikTok irá incorporar os elementos mais populares de ambos os aplicativos, que destacará a comunidade de usuários, além de um feed 'Para você', que serve exclusivamente como uma curadoria de recomendações de vídeo, com base nas preferências de visualização. O aplicativo também apresentará novos recursos, incluindo: um recurso de 'reação', que permite ao usuário reagir aos vídeos dos amigos diretamente do telefone, e filtros do tipo realidade virtual, que podem ser ativados apenas piscando", conclui Raphaela Araújo, head de operações e conteúdo da plataforma no Brasil.