Há algum tempo, relatos sobre um certo projeto Fuchsia OS, realizado pela Google, deixaram os mais curiosos em estado de atenção: qual seria a intenção da empresa em desenvolver um novo sistema operacional com tantos outros já consagrados em funcionamento? Aparentemente, os dias estão contados para que o Fuchsia OS seja colocado para funcionar, mais exatamente em dispositivos domésticos inteligentes da empresa.

Em três anos os primeiros produtos da linha doméstica inteligente da Google estariam saindo de fábrica usando o Fuchsia OS

Conforme a publicação Bloomberg pôde apurar, o objetivo da equipe por trás do desenvolvimento do Fuchsia OS é criar um sistema centralizado capaz de ser executado em todos os dispositivos da Google, substituindo o Android e o Chrome OS. Todo o hardware dos aparelhos de smart home da empresa seriam interligados e se comunicariam por meio desse SO.

Falta pouco!

Tudo isso já teria até uma data limite para ser lançado: em três anos os primeiros produtos da linha doméstica inteligente da Google estariam saindo de fábrica usando o Fuchsia OS. Nos cinco anos seguintes, o sistema migraria, então, para dispositivos maiores e mais complexos, como smartphonestablets e laptops.

Só o tempo vai dizer se a Google realmente vai seguir nesse caminho para implementar o Fuchsia OS

Caso dê certo, o projeto teria sucesso em fornecer para os clientes da Google um sistema operacional com segurança atualizada e com uma capacidade muito maior de permitir que dispositivos “conversem” entre si. Um dos rumores sobre o Fuchsia OS é que segurança é um de seus pontos-chave, além da integração entre produtos.

Tudo, porém, ainda engatinha lentamente – é uma mudança profunda demais para que o martelo seja batido assim com tanta facilidade. Só o tempo vai dizer se a Google realmente vai seguir nesse caminho para implementar o Fuchsia OS.

Cupons de desconto TecMundo: