Talvez você nem se lembre mais dele, mas o Yahoo Messenger esteve ativo de forma ininterrupta durante os últimos 20 anos. Essa longa história, porém, já tem data para acabar: 17 de julho de 2018, data marcada pelo Yahoo para que o programa mais conhecido seja oficialmente descontinuado.

Vale lembrar que a versão de desktop do Yahoo Messenger já havia sido finalizada em 2016, restando, desde então, apenas as edições mobile e web à disposição dos usuários. Um dos pioneiros do setor, ele surgiu em março de 1998 como Yahoo Pager, menos de dois anos depois do lançamento do ICQ e mais de um ano antes do MSN Messenger, o seu grande rival.

O software da Yahoo chamou a atenção do público por oferecer conversas em grupo e transferências de arquivo em uma época na qual isso era quase inédito na web, ajudando a popularizar o segmento dos mensageiros instantâneos. O avanço da web e o surgimento de soluções mais práticas e modernas, como Skype, chat do Facebook e WhatsApp, criou barreiras que o Yahoo não soube transpassar.

Yahoo MessengerYahoo Messenger será descontinuado depois de mais de 20 anos no ar.

Mudanças e possíveis novidades

“Conforme o cenário das comunicações continua a mudar, estamos focando na criação e no lançamento de novas e empolgantes ferramentas de comunicação que melhor dão conta das necessidades dos consumidores”, avisa o Yahoo, deixando no ar a possível chegada de um novo app de mensagens.

Quem se sentir órfão de um app de mensagens do Yahoo pode solicitar um convite para tentar experimentar o Yahoo Squirrel, um app de mensagens em grupo que atualmente está em fase de testes.

Assim, o Yahoo Messenger fica acessível até o dia 17 de julho e, depois disso, será possível apenas fazer o download do seu histórico de conversas do serviço. O Yahoo mantém um FAQ com algumas informações extras sobre o processo.

E aí, você vai sentir falta do Yahoo Messenger?