O que vem à sua mente quando alguém diz que está utilizando o Tinder? A pessoa deve estar conhecendo vários contatos interessantes e, provavelmente, está se dando bem, né? Só que não - pelo menos é o que um estudo indica. De acordo com a pesquisa publicada no portal Science Direct, a realidade é bem diferente.

Os pesquisadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (NTNU) entrevistaram mais de 600 alunos para saber mais sobre como eles usam as redes sociais e seu comportamento sexual. Depois de analisar os resultados, eles descobriram que boa parte dos usuários de apps de relacionamento - como o Tinder - estão mais interessados em relacionamentos curtos para sexo casual, mas não estão se envolvendo de verdade com ninguém.

1

Os usuários de aplicativos como Tinder e Bumble foram classificados como possuidores de altos níveis de "orientação sociosexual", ou seja, são pessoas interessadas em terem relações sexuais sem estar em um relacionamento sério. Assim, de acordo com um dos pesquisadores da equipe, não há nada que comprove que as pessoas que usam estes apps são mais ou menos atraentes no quesito sexual do que as que não os utilizam.

Por exemplo: quando você encontra alguém no aplicativo, esta pessoa poderia muito bem ser uma que você veria em um passeio com os amigos ou em uma festa. Isso mostra como os usuários de apps deste tipo, na verdade, não têm mais parceiros sexuais do que aqueles que não utilizam serviços do gênero.

2

Outra conclusão foi que, enquanto vários usuários do Tinder estão procurando algum parceiro para sexo casual, tanto homens quanto mulheres usam o app só para se distraírem mesmo - como quando você está entediado e abre um jogo no celular para passar o tempo.