Uma nova versão do aplicativo do Facebook para Android tem deixado usuários preocupados com um pedido estranho: o app requer insistentemente a liberação para permissão de superusuário, ou seja, pede acesso ao root do celular. É isso que centenas de pessoas no mundo todo têm relatado em fóruns na internet e, após o escândalo de privacidade envolvendo a rede social e a Cambridge Analytica, todo está com os dois pés atrás com a plataforma de Mark Zuckerberg.

A caixa de diálogo começou a aparecer nos usuários que estão no canal beta, juntamente com outras várias verificações

Os relatos foram diversos, com capturas de tela mostrando a requisição de superusuário feita pelo aplicativo. Aceitar isso significa permitir que o app possa acessar a raiz do celular, ou seja, ter contato com tudo o que você armazena em seu smartphone. Representantes do Facebook não se manifestaram e sequer tiveram o trabalho de explicar aos usuários qual o motivo do requerimento desse tipo de privilégio.

Pode ser apenas um erro

Segundo o pesquisador de segurança Nikolaos Chrysaidos, pode se tratar de um erro de programação presente na versão v172.0.0.66.93, a mais recente atualização do Facebook. “A caixa de diálogo começou a aparecer nos usuários que estão no canal beta, juntamente com outras várias verificações. O Facebook provavelmente está integrando o WhiteOps SDK, e esqueceram de reimplementar a funcionalidade de verificação ROOT”, acrescentou.

O recomendável, agora, pelo menos até que a empresa corrija o problema, é sempre negar o requerimento de acesso que o aplicativo faz quando pede acesso de superusuário ao seu celular para evitar o acesso a dados privados seus.

Cupons de desconto TecMundo: