Jeff Morris, diretor de produto no Tinder tweetou hoje (11) explicando que o app de relacionamento está prestes a ganhar uma série de novidades. “Feed, Loops, Lugares, mensagem primeiro para mulheres! Estamos liberando ferramentas em um ritmo inacreditável”, comentou.

O mais interessante disso, entretanto, é essa novidade baseada em lugares, o que, segundo o The Verge, tem a ver com o rastreamento da localização do usuário através do dia. Com isso, o Tinder poderá mostrar pessoas com as quais você cruzou pela rua entre as opções para arrastar de um lado ou para outro.

Em outras palavras, o Tinder poderia simplesmente incorporar a principal ferramenta do Happn, outro app de encontros baseado justamente nessa dinâmica de “encontrar pessoas com as quais você cruzou na rua”. Contudo, de acordo com o RealDroid, esse “Lugares” pode muito bem ser apenas uma forma de o Tinder localizar usuários de uma forma mais precisa do que simplesmente dizer a quantos metros o pretendente está.

tinderSuposta aparência do novo recurso "Lugares" vazada pelo RealDroid

Em vez disso, o app poderia dizer “Fulano está no Bar tal”. Assim, o usuário poderia aproveitar a informação mais completa para saber se está no mesmo local ou se vale a pena ir até determinado estabelecimento para ver a pessoa de fato. Talvez o app encare isso como uma forma de levar relacionamentos para o mundo real, mas também pode acabar sendo apenas mais uma maneira para perseguidores importarem outros usuários.

Seja como for, essa e todas as outras novidades do Tinder seriam opcionais. Isto é, só quem quiser usar poderá ser encontrado por aí dessa forma.