Um homem de 39 anos foi condenado na Dinamarca por apenas compartilhar o link de download para o Popcorn Time, programa que faz streaming de arquivos de torrent e por isso é considerado como propagador de conteúdo audiovisual distribuído ilegalmente — a famosa “pirataria”. A Justiça condenou o homem a seis meses de condicional.

De acordo com o site Copenhagen Post, o juiz condenou o dinamarquês por promover o “serviço de streaming de filmes online ilegal” por meio do site popcorntime.dk. Ainda segundo a publicação, o dinamarquês condenado mantinha online informações de como baixar, instalar e utilizar o programa.

Segundo o Torrent Freak, o site popcorntime.dk agora exibe uma mensagem em dinamarquês e em inglês informando que os direitos sobre o domínio foram transferidos temporariamente para a Justiça enquanto as investigações sobre distribuição de conteúdo ilegal são conduzidas. A publicação ressalta ainda que a página em questão não hospedava qualquer arquivo de instalação, mas apenas indicava outros sites nos quais era possível realizar o download.

popcorn timeMensagem exibida no site popcorntime.dk.

“A decisão é um sinal claro para quem ajuda a espalhar serviços piratas ilegais”, comentou o procurador Dorte Kohler Frandsen. “A indústria de filmes e outros perdem bilhões em receitas todos os anos por causa de criminosos que oferece filmes gratuitamente de forma ilegal. Isso é prejudicial para todos, inclusive para o consumidor”, conclui.

Cupons de desconto TecMundo: