Quem tem Windows 10 sabe o quanto a Cortana, assistente virtual da Microsoft, pode ser útil em tarefas simples, como fazer uma pesquisa. Porém, a ferramenta é configurada para iniciar uma navegação usando o Edge e para fazer pesquisa no Bing.

Nada contra os dois sistemas, mas eles são menos utilizados pelo público, que pode demorar a se acostumar com as particularidades de ambos. E, como o objetivo da Microsoft é ampliar cada vez mais o uso da Cortana, é melhor que ela possa ser configurada com outros programas, não é mesmo?

Por isso, vamos explicar em 5 passos como liberar a opção de usar a Cortana com outros navegadores e sites de pesquisa, em especial o Google, que dispensa apresentações. Confira:

1. Acesse a barra de busca da Cortana e procure “Aplicativos”. Selecione a opção “Configurações de aplicativos padrão”.

2. Aparecerá um menu do lado esquerdo. Procure a opção “Aplicativos padrão”, depois “Navegador da Web”. Clique no ícone e selecione o navegador que você deseja na lista de aplicativos.

3. Após a configuração, é necessário baixar o aplicativo EdgeDeflector para finalizar o processo. Lembre-se de instalar a versão mais atualizada.

4. Execute o programa em seu computador. Caso apareça a opção pedindo permissão de administrador, confirme. Instale o programa. Depois, na janela que surgir, clique em “EdgeDeflector” e em “Ok”.

5. Pronto! Agora, a Cortana passará a usar o navegador padrão que você definiu. Mas, para fazer as buscas no Google em vez do Bing, também é preciso configurar; é simples: se estiver usando o Chrome, instale a extensão Chrometana. Assim que a página abrir, clique em “Usar no Chrome”.

Caso o seu navegador seja Firefox, basta baixar a extensão Bing-Google. Depois de baixar e instalar, selecione a opção “Add to Firefox”.

Viu como é simples fazer a mudança na Cortana? Outra opção que a assistente já oferece é a integração com o Gmail. Dessa forma, os usuários podem acessar informações, consultar mensagens e seus compromissos usando o comando com a assistente.

A Microsoft está focada em desenvolver mais a sua assistente virtual. O software, por exemplo, deixará em breve a barra de buscas do Windows para ser colocada na Central de Ações do sistema. Além disso, acontecerão mudanças na interface. Tudo isso pensando nas facilidades para o usuário e em aumentar a sua adesão.

Está gostando das mudanças e flexibilidades da Cortana? Deixe sua opinião nos comentários!