Se você viaja bastante e prefere opções mais em conta para pernoitar, além de ter a liberdade de fazer sua própria comida e relaxar como se estivesse em casa, o Airbnb sempre foi uma boa opção. Mas um casal de São Bernardo do Campo que resolveu passar o último feriado paulistano de 25 de janeiro na praia de São Vicente, em São Paulo, não teve uma experiência muito tranquila: descobriram uma câmera escondida que filmava o quarto do local alugado.

Imediatamente após perceberem o que estava acontecendo, os hóspedes buscaram uma delegacia e registraram o incidente

Ao chegar no apartamento onde iria se hospedar, alugado por meio do aplicativo Airbnb, o casal reparou em um sinal luminoso que piscava por trás de um espelho no quarto. Os dois clientes decidiram investigar e descobriram a instalação de uma câmera oculta por trás do espelho que era capaz de registrar tudo o que acontecia no quarto.

Equipamento como evidência

Imediatamente após perceberem o que estava acontecendo, os hóspedes buscaram uma delegacia e registraram o incidente com um Boletim de Ocorrência. A polícia foi até o apartamento e apreendeu o equipamento para investigação, conforme informou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

O Airbnb já registrou mais de 260 milhões de chegadas de hóspedes em todo o mundo e incidentes como este são extremamente raros

O Airbnb já excluiu o dono do apartamento da plataforma, reforçando as políticas de privacidade da empresa. A plataforma deu a seguinte declaração para a publicação InfoMoney:

“O Airbnb já registrou mais de 260 milhões de chegadas de hóspedes em todo o mundo e incidentes como este são extremamente raros. O Airbnb leva muito a sério a privacidade e não há espaço em nossa comunidade para esse tipo de comportamento. As regras de uso da plataforma são claras ao proibir câmeras em quartos ou banheiros. Caso estejam em outros locais da casa, essa informação deve ser divulgada no anúncio”.