Utilizando o Windows Phone Internals 2.3, um hacker identificado no Twitter como “Ben imbushuo” conseguiu fazer o Windows 10 para AMR completo (utilizado em notebooks com processadores Qualcomm) funcionar em um Lumia 640 XL. O feito já havia sido realizado antes, mas, agora, a tela sensível ao toque começou a funcionar. Ela já permite rolar o conteúdo dentro de janelas, mas, aparentemente, ainda não replica todas as funções de um mouse.

Desde que a Microsoft anunciou que estava trabalhando em uma versão completa do Windows 10 para rodar em aparelhos com processadores Snapdragon 835, desenvolvedores e hackers paralelos têm trabalhando em uma forma de portar esse software para smartphones que chegaram originalmente ao mercado com oWindows Phone ou Windows 10 Mobile. Dessa maneira, seria possível ter um computador com sistema operacional de desktop dentro do bolso.

Para conseguir realizar essa façanha, Ben utilizou o Windows Phone Internals 2.3 — ferramenta que permite carregar qualquer ROM em aparelhos Lumia, inclusive versões do Android — para inserir o Windows 10 para ARM no aparelho. Em seguida, ele modificou um driver da Synaptics para o smartphone. Até pouco tempo, só era possível fazer o SO funcionar através de scripts, sendo que nenhum método de entrada estava devidamente funcionando. Fazer o scroll com os dedos na tela é o primeiro progresso nesse sentido que ele consegue.

Ainda não sabemos se, eventualmente, Ben ou algum outro hacker vai conseguir fazer o software de desktop da Microsoft funcionar de de forma adequada em antigos smartphones da marca, mas a possibilidade teórica existe. Fique ligado ao TecMundo para conferir mais novidade sobre isso ou siga o hacker no Twitter.

Cupons de desconto TecMundo: