A Microsoft melhorou muito os aplicativos do pacote Office ao longo dos últimos anos, criando ferramentas ainda mais modernas, intuitivas e antenadas com a tendência de produtos rodando na nuvem. Entretanto, um produto lançado há 10 anos e já sem suporte ainda é sucesso absoluto no mundo corporativo: estamos falando do Office 2007.

Uma pesquisa com 1.168 profissionais de tecnologia da informação de Canadá, Estados Unidos e Reino Unido descobriu que mais dois terços das companhias (68%) ainda utilizam a versão do Office lançada em 30 de janeiro de 2007. Vale lembrar que a última grande atualização deste pacote aconteceu em 2011, com o fim do suporte mainstream chegando em 9 de outubro de 2012. Por fim, o encerramento do suporte estendido aconteceu em 10 de outubro de 2017.

A companhia Spiceworks, responsável pela pesquisa, descobriu que as empresas sacrificam a sua própria segurança em nome da economia, sendo esse um dos principais fatores para que ainda não tenham migrado para uma versão mais recente — e mais segura — do software da Microsoft.

Office 2007Office 2007 ainda está bastante vivo.

“Apesar de estarem cientes sobre os riscos de segurança ao rodar um software descontinuado, muitos departamentos de TI não tiveram orçamento, tempo ou os recursos necessários para implementar novas suítes de produtividade e treinar os usuários finais corretamente”, informa o analista de tecnologia sênior da Spiceworks Peter Tsai.

Mais problemas

Apesar de o Office 2010 estar presente na maioria das empresas, em 83% delas para ser mais preciso, versões ainda mais antigas do pacote também estão instaladas nos computadores de várias companhias. O Office 2003, por exemplo, está em 46% das companhias pesquisadas, enquanto o Office 2000 ainda é utilizado por uma em cada cinco empresa (21%).

Vale notar que é comum uma mesma empresa utilizar diferentes versões do Office, por isso a soma das porcentagens ultrapassa 100%. E é sempre útil ressaltar que usar um programa descontinuado facilita a ocorrência com problemas de segurança, como invasão hacker ou mesmo infecção com vírus e malwares.

Cupons de desconto TecMundo: