Microsoft anunciou hoje (05) que o seu navegador Edge está chegando ao Android e aoiOS. Por enquanto, entretanto, só é possível testar a novidade na plataforma da Apple, mas a ela deve estar disponível em breve para os usuários do Robô também. Na mesma oportunidade, a companhia também lançou o Microsoft Launcher, que é basicamente o Arrow Launcher rebatizado.

Assim como no Edge para desktop, a versão mobile do browser terá uma série de funcionalidades interessantes para o usuário. A lista de leitura está aqui, bem como o modo de leitura, que elimina toda a poluição visual em volta de uma página web e deixa você lendo apenas o conteúdo em exibição.

microsoft edge mobile

Essa ferramenta está sendo considerada tão importante que recebeu até um botão dedicado

Mas o maior destaque é a possibilidade de enviar páginas que você está lendo no celular para o computador com apenas um toque. Antes disso, entretanto, será necessário sincronizar os aparelhos através da sua Conta Microsoft, mas o processo deve ser bem simples e direto, segundo a desenvolvedora. Essa ferramenta está sendo considerada tão importante que recebeu até um botão dedicado ao lado dos comandos de navegação do Edge mobile.

O segundo grande destaque é a possibilidade de sincronizar seus dados de navegação entre seu smartphone e o navegador da Microsoft no PC. Contudo, no momento, só é possível sincronizar seus favoritos e a lista de leitura. Senhas, compras da Microsoft Store e histórico de navegação serão implementados eventualmente, mas não há um prazo definido para tal.

Esse é mesmo o Edge?

É curioso notar que, apesar de a Microsoft estar lançando esses navegadores mobile com o nome de “Edge”, não se trata de uma criação própria da empresa. Isso porque, em vez de utilizar o motor de navegação criado por ela mesma — que é consideravelmente mais eficiente em desempenho e economia de energia —, a empresa está usando o Chromium para o Android e o WebKit para o iOS. Em outras palavras, o Edge mobile é apenas uma versão personalizada dos navegadores padronizados do Android e do iOS. Por conta disso, não espere melhorias de desempenho ao usar o novo app.

Uma versão personalizada dos navegadores padronizados do Android e do iOS

Seja como for, é interessante notar que a Microsoft realmente mudou sua abordagem em relação ao mundo mobile. A empresa essencialmente deixou o Windows Mobile de lado para investir em softwares individuais para Android e iOS.

Além de estar limitado para testes no iOS por enquanto, usuários que quiserem experimentar o novo navegador precisam ser Windows Insiders e também estarem nos EUA. Para fazer a instalação, o iPhone precisa ficar conectado a um PC com Windows 10 para verificar a identidade e a localização do testador, e ainda é necessário confirmar algumas outras informações. É um processo complicado e um tanto estranho. Quando estiver disponível no Android, talvez a coisa seja mais simples.

Cupons de desconto TecMundo: