Desde o lançamento do seu novo mensageiro corporativo, o Teams, a Microsoft tem jogado pesado para desbancar o Slack como o principal competidor nesse segmento. Além das diversas funcionalidades do próprio app, a Microsoft está oferecendo o Teams de graça para quem já é assinante do Office 365. O mais novo golpe, entretanto, é a substituição do Skype for Business pelo Teams para os já assinantes. Ou seja, a Microsoft está importando uma grande base de usuários já consolidados para a o seu novo mensageiro.

Mas o Skype não vai sumir completamente do mundo corporativo. A plataforma se tornará um recurso interno do Teams em 2018, sendo responsável por toda a comunicação por vídeo, voz e conferências dentro do novo app a partir de 2018. Para tal, a Microsoft estaria reconstruindo toda a estrutura do seu antigo mensageiro para se tornar um produto mais atraente.

A empresa também está prometendo reuniões online mais interessantes para o futuro graças a melhorias que devem ser implementadas através de inteligência artificial. Não sabemos exatamente o que isso pode significar para o mensageiro ou para seus usuários, mas o potencial é interessante.

Chegando perto?

Com essa nova base de usuários chegando ao Teams da Microsoft, é possível que a ferramenta se torne o principal concorrente do Slack em pouco tempo, já que empresas podem ter acesso a ele de uma forma muito mais simples e mais barata, considerando que já possuam assinaturas do Office 365, uma suíte de apps especialmente popular entre empresas que precisam de softwares sempre atualizados para seus colaboradores.