Nesta terça-feira (10), o Trello confirmou que vendeu suas ferramentas de produtividade para Atlassian por US$ 425 milhões (R$ 1,3 bilhão). Embora seja pouco conhecida pelo público em geral, a compradora estabeleceu sua fama como uma gigante dos softwares focada em permitir que organizações “sonhem grande, trabalhem de forma inteligente e entreguem rapidamente”.

Os primeiros efeitos da aquisição devem passar a ser sentidos a partir do dia 31 de março deste ano, data-limite para a venda ser finalizada. O objetivo da Atlassian — que afirma ter uma cultura corporativa bastante próxima à do Trello — é expandir seu alcance de forma a atingir uma base de 100 milhões de usuários mensais.

O Trello já tem mais de 19 milhões de usuários espalhados pelo mundo

Essa marca é a 14ª aquisição na história da Atlassian, sendo que nenhuma ação anterior envolveu somas tão altas. Condizente com seu histórico, a empresa não pretende mexer na estrutura do Trello, mantendo tanto a marca quanto a maneira como ela funciona inalteradas após a transação.

Com menos de 100 funcionários em sua folha de pagamentos, o Trello é uma das ferramentas de gerenciamento de equipes que mais cresce no mundo. Lançada oficialmente em 2011 e transformada em uma companhia independente em 2014, a plataforma já conta com mais de 19 milhões de usuários ao redor do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: