O campo de batalha pelo mercado de smartwatches ainda está começando a se desenhar, sendo que a maioria dos competidores de peso que começaram a se mexer nesse sentido já são tradicionais marcas de smartphones, como Samsung, Motorola, LG e outas menores.Fora isso, há ainda aquelas que fizeram seu nome com smartwatches, como a Pebble, mas será que um novo competidor poderia elevar o nível de luxo desses produtos rapidamente?

Uma grande candidata para lançar o primeiro smartwatch superluxuoso de alcance global é a Vertu. A marca já é conhecida pelos seus smartphones caríssimos que utilizam materiais como couro de crocodilo, de lagarto, cerâmica, safira e ouro em seu revestimento para aliar funcionalidade e exclusividade e, agora, quer expandir a sua área de atuação.

Empresa tem vários modelos de smartphones e celulares de luxo

As informações são do Engadget, que entrevistou CEO “aniversariante” da marca, que acaba de completar um ano no cargo. Ele fala que, atualmente, o maior objetivo da empresa é renovar a sua linha de aparelhos Android e, depois disso, a expansão deve começar pelos vestíveis.

Relógio de luxo + Android Wear?

Nesse caso, o tipo de aparelho mais provável a ser lançado é um relógio inteligente de luxo, que combinaria as funcionalidades de aparelhos “baratos” com o Android Wear, por exemplo, aos materiais luxuosos e a durabilidade que a empresa normalmente emprega em seus dispositivos.

É curioso ainda notar que, ao passo que a Vertu leva os artigos de luxo para uma fronteira tecnológica que as marcas mais tradicionais desse setor não querem explorar, ela ainda fabrica os chamados feature phones de luxo, ou seja, os celulares comuns, mas com aparência e materiais premium. Fora isso, cerca de 30% das vendas da empresa inclusive são provenientes desse tipo de aparelho.

Não há informações sobre nenhum projeto concreto da Vertu para um smartwatch de luxo por enquanto, mas a empresa demonstra interesse em lançar algo do tipo nos próximos anos.

Cupons de desconto TecMundo: