Poucas coisas duram muito tempo em evidência no mundo da tecnologia. Pode-se dizer que a grande maioria dos anciões ainda significativos neste cenário o são por tradição ou por falta de concorrentes. O Windows é um bom exemplo, hegemônico que foi durante décadas, cada vez mais vem perdendo espaço para o Mac OS X e várias distribuições Linux.

O mesmo acontece no acirrado panorama da telefonia celular. O Symbian é o “Windows” dos smartphones. Durante muito tempo imperou absoluto nos principais aparelhos – Nokia, Samsung e vários outros fabricantes utilizam o sistema em seus principais telefones – com apenas nichos de mercado ocupados por seus concorrentes de então: BlackBerry e Windows Mobile.

Então surgiu o iPhone

Apple iPhoneO primeiro golpe na plataforma Symbian – que já foi propriedade de um consórcio, mas nos últimos tempos foi efetivamente comprada pela Nokia – foi o celular da Apple. A pancada não foi dada exclusivamente no sistema da empresa finlandesa, mas no mercado de smartphones como um todo.

Mesmo com todas as suas limitações – falta de multitarefa, acesso Bluetooth etc. – o iPhone trouxe para o mundo dos telefones topo-de-linha a tela sensível a toque e uma interface elegante e fácil de usar. Tudo no aparelho de Cupertino é resolvido em poucos toques na tela.

Enquanto isso os aparelhos Symbian continuam sofrendo de menus intermináveis, e mesmo a versão s60 v5 – do Nokia 5800 XpressMusic e N97 – adaptada a touchscreen carece de maiores comodidades.

O fenômeno Android

Google AndroidCom o iPhone crescendo, um novo concorrente de peso – e entregando o mesmo conforto e facilidade ao usuário – chega mostrando o poder do código livre, mesmo que de forma limitada. O Google Android permitiu a diversos fabricantes – em especial a HTC – iniciar a fabricação de aparelhos que conquistaram muitos adeptos em pouquíssimo tempo.

Symbian do futuro

Nokia N97O status open source não se aplica às versões do Symbian já lançadas no mercado consumidor. A partir da versão Symbian^3, o código-fonte está disponível para qualquer indivíduo ou empresa. Basta acessar developer.symbian.org e – caso queira se aventurar no desenvolvimento do futuro das plataformas móveis – participar da comunidade.

De acordo com o roadmap da fundação Symbian, o S^3 já está disponível para fabricantes e desenvolvedores, com o lançamento dos primeiros aparelhos esperado já para o segundo semestre de 2010 e início de 2011.

Agora resta ao consumidor aguardar alguns meses para descobrir quais novidades a comunidade de desenvolvedores trará para o Symbian, versão código livre.

Cupons de desconto TecMundo: