Ok, nós sabemos que a tecnologia dos assistentes pessoais melhorou muito desde sua chegada ao público, se tornando capaz de executar todo o tipo de comando e ajudar bastante em seu dia a dia. Mas uma coisa simplesmente não podemos negar: o reconhecimento de voz desses softwares deixa a desejar – que atire a primeira pedra quem nunca teve problemas ao tentar ativar um comando seu assistente (ou notou ele funcionando sem qualquer comando).

Felizmente, a Apple, que acaba de anunciar o comando “Hey Siri” com o aparelho travado para seu vindouro iPhone 6S e 6S Plus, está trabalhando em uma maneira de melhorar a detecção de seu reconhecimento de voz. A alteração veio na forma de uma nova ferramenta de configuração, que foi discretamente adicionada entre as opções do iOS 9.1, cujo beta público começou a ser distribuído ontem (10).

Acessar a nova função leva você a um processo de configuração simples. Trata-se, basicamente, de uma página de “treinamento” para a Siri, em que o dono do aparelho deve ler uma série de frases (cinco delas, na verdade). A assistente, por sua vez, tem a chance de aprender a reconhecer sua voz com maior precisão, testando se a configuração foi feita com sucesso antes de ativar oficialmente.

Reconhecimento exclusivo?

A novidade trazida pela empresa também levantou suspeitas quanto a mais uma possibilidade: seria essa melhoria um novo sistema de segurança do iPhone, de maneira a limitar os comandos para Siri àqueles feitos apenas por seu dono? Não são poucos aqueles que especulam que sim, usando como base a descrição da ferramenta – esta diz que a nova função de configuração ajuda o Siri a reconhecer a “sua” voz.

Um exemplo da tela de configuração da Siri

Se isso é possível? Definitivamente. Mas parece que esse não é o caso, segundo o pessoal do 9to5Mac. O site, que testou a nova ferramenta, afirmou não ter encontrado a menor diferença com relação a segurança da Siri; de fato, ela passou a apresentar menos falsos positivos, mas qualquer um ainda podia falar “Hey Siri” e fazê-la entrar em ação, independente da voz ou sotaque.

É claro que, até o momento, a função pode mudar bastante até a versão final do sistema, como não tem exatamente serventia, pois só com a chegada dos novos iPhones a empresa irá adicionar suporte à ativação da Siri apenas por voz enquanto seu celular estiver travado. Por sorte, não teremos que esperar muito para saber onde estão as melhorias de verdade, já que os novos iPhones 6S e 6S Plus chegam ainda neste mês.

Cupons de desconto TecMundo: