Bernard Hill, ator do Capitão Edward Smith no filme "Titanic" de 1997, ao lado de Su Shaojun, CEO da Seven Star Energy Investment Group. (Fonte da imagem: Reprodução/Reuters via South China Morning Post)

Recentemente, em evento realizado em Hong Kong em celebração à inauguração de um parque temático, Su Shaojun, CEO da empresa Seven Star Energy Investment Group, revelou que produzirá uma réplica em tamanho real e interativa do Titanic, fazendo com que os visitantes tenham a experiência de viver o incidente que afundou o navio em 1912 — até então considerado a embarcação "inafundável".

Segundo os jornais The Guardian e South China Morning Post, para tirar o projeto do papel, a empresa deve investir 1 bilhão de yuans chineses, o equivalente a US$ 165 milhões ou R$ 390 milhões. O design da imitação será inspirado no Olympic, um navio “irmão” do Titanic, e ela ficará alocada no Rio Qi, na província chinesa de Sichuan.

O lugar funcionará como um museu para informar os visitantes sobre o navio e a tragédia. Contudo, o maior atrativo será um simulador “6D” que reproduzirá para centenas de pessoas ao mesmo tempo o momento do impacto com o iceberg.

“Quando o navio atingir o iceberg, ele vai chacoalhar e tremer. Nós vamos passar a experiência da água entrando na embarcação usando efeitos de som e luz. As pessoas pensarão: ‘A água vai me afogar. Eu preciso escapar com vida’”, disse Shaojun. A construção da imitação do Titanic deve começar ainda este ano e ser inaugurada em 2016.

Cupons de desconto TecMundo: