Em um comunicado oficial publicado há pouco nos blog oficiais do PlayStation, a Sony afirmou que os dados pessoais e senhas de contas na PSN foram roubados pelos invasores que causaram a interrupção no serviço. A rede online do PS3 está fora do ar desde quarta-feira passada devido a “intrusões ilegais” no sistema, que ocorreram entre os dias 17 e 19 de abril.

A Sony, porém, não confirma que dados de cartão de crédito e outras informações bancárias foram obtidas pelos invasores da PSN. Em trecho do comunicado oficial, a empresa cita exatamente o que foi roubado:

“Apesar de ainda estarmos investigando os detalhes desse incidente, acreditamos que uma pessoa não-autorizada obteve as seguintes informações: nome, endereço (cidade, estado, CEP), país, endereço de email, data de nascimento, logins e senhas da PlayStation Network e Qriocity, e ID da PSN. É possível também que seus dados de perfil, incluindo o histórico de compras e endereço de cobrança, assim como as perguntas de segurança da PlayStation Network e Qriocity tenham sido obtidas.
(...)
Apesar de não existirem evidências, até agora, que dados de cartão de crédito foram roubados, não podemos excluir a possibilidade. Se você forneceu seus dados de cartão de crédito à PlayStation Network ou Qriocity, apenas por precaução, informamos que seu número de cartão de crédito (com exceção do código de segurança) e data de validade podem ter sido obtidos.”

A Sony pede aos usuários que fiquem atentos a mensagens de email, telefonemas e correspondências solicitando dados em nome da empresa, afirmando que jamais entrará em contato com nenhum membro da PSN pedindo esse tipo de informação. Após o retorno do serviço, a empresa pede que os usuários modifiquem todas as senhas e fiquem atentos a faturas de cartão de crédito em busca de cobranças indevidas.

De acordo com a empresa, os seguintes passos foram tomados para lidar com o problema:

  • Interrupção temporária dos serviços PlayStation Network e Qriocity;
  • Acionamento de uma firma de segurança externa e reconhecida para realização de uma investigação completa sobre o ocorrido;
  • Tomada de passos rápidos para melhoria da segurança e fortalecimento da estrutura da rede, por meio da reconstrução do sistema de forma a proteger as informações pessoais.

A empresa agradece ainda a paciência e entendimento de todos os usuários, e garante estar trabalhando o mais rápido possível para restabelecimento da PlayStation Network. A Sony, porém, não deu uma previsão para retorno do serviço.

E para o Brasil, o que isso significa?

Para os brasileiros na PlayStation Network, a informação é um pouco menos preocupante. Jogadores que possuem contas americanas no serviço provavelmente utilizaram dados falsos no momento do cadastro e, sendo assim, devem ficar atentos apenas às suas contas de email e à própria ID na PSN.

Como a rede exige cartões de créditos com endereço americano para compras na PS Store, dificilmente algum conterrâneo teve seus dados bancários expostos. Isso, porém, não é uma regra e, como alguns jogadores conseguem cadastrar seus cartões para utilização na rede, é importante checar periodicamente as faturas até que a situação seja normalizada.

Usuários com contas nacionais, porém, tiveram seus endereços expostos durante a falha. Os dados de cartão de crédito, porém, continuam seguros, uma vez que a versão brasileira da PSN não conta com uma loja virtual.

Via Baixaki Jogos

Cupons de desconto TecMundo: