Para a Subsecretária do Tesouro dos Estados Unidos, Sarah Bloom Raskin, os crimes virtuais representam “a maior ameaça” da nossa época. Em entrevista à agência de notícias Reuters, Raskin pediu um levante global para o controle dos ataques — acrescentando que a segurança cibernética deveria figurar entre as prioridades das companhias, a fim de complementar o poder já insuficiente dos governos.

“Cada um de nós deve reconhecer o risco do que talvez seja o mais urgente dos riscos operacionais do nosso tempo”, disse ela durante a conferência CityWeed, recentemente realizada em Londres. A subsecretária, entretanto, reconhecer que diversas companhias de serviços financeiros têm feito investimentos polpudos em cibersegurança — embora tenha cobrado abordagens em “múltiplos níveis” dentro das instituições.

Por fim, Raskin acrescenta que os ataques cibernéticos são “um detrimento à economia global” e também à liberdade de expressão. “Nós devemos agora desenvolver a um consenso geral em relação a formas de abordar essa ameaça”, ela conclui.

Cupons de desconto TecMundo: