A Blackphone, uma empresa que cria sistema de criptografia para dispositivos móveis, apresentou hoje durante a Mobile World Congress um novo smartphone e tablet com recursos de proteção. O celular é o sucessor do Blackphone que foi apresentado ano passado na MWC, enquanto que a novidade fica por conta do tablet, chamado de Blackphone+.

Ambos deverão rodar o Blackphone OS, um sistema operacional separado do Android, projetado para proteger metadados e prover encriptação de ponta a ponta. O sistema conta com a suíte de aplicativos Silent Circle, sendo que o foco do Blackphone será em oferecer ligações e mensagens seguras.

A proteção para e-mails através do Silent Mail foi descartada, depois que um vazamento em 2013 colocou em risco os dados. A empresa está trabalhando em um protocolo de mensagens criptografadas chamado DarkMail, mas a Blackphone não mencionou nada sobre ele.

Mesmo com a ausência do email, a companhia espera conquistar o coração das empresas, principalmente depois dos problemas que a Sony enfrentou com o vazamento de informações sigilosas. O Blackphone 2 deverá chegar em junho por 629 dólares nos Estados Unidos, enquanto que o Blackphone+ chegará em setembro, ainda sem preço definido.

Cupons de desconto TecMundo: