Os profissionais de segurança da informação vão ter um motivo a mais para se preocupar em relação à proteção de seus sistemas, computadores e empresas: a Symantec, famosa companhia focada em soluções de softwares e aplicativos neste segmento, acaba de anunciar que um sofisticado vírus para PCs está à solta e espionando uma série de instituições ao redor do globo.

A nota no blog oficial da Symantec informa que essa ameaça já está infectando computadores rodando Windows desde 2008 (possivelmente até antes disso) e a dificuldade em detê-lo está em sua capacidade de se passar despercebido nos sistemas afetados. A companhia classifica esse vírus como um Trojan, uma espécie de programa malicioso que possibilita a abertura de uma “porta” por onde usuários mal intencionados podem invadir um PC.

De nome Regin, esse Trojan esteve atuante entre os anos de 2008 e 2011 e foi identificado novamente no ano de 2013. Ainda segundo a Symantec, essa ameaça se concentra em países como a Rússia e Arábia Saudita, mas também infectou máquinas de países como o México, Índia, Afeganistão e Irã. O foco dos ataques são computadores pessoais e empresariais, sendo, através destes, capazes de controlar remotamente o PC, tirar screenshots e monitorar o tráfego da rede.

A empresa alerta que esse vírus é extremamente complexo e esteve sendo utilizado para fins como a coleta de informação para campanhas políticas. De acordo com a Symantec, muitos computadores infectados com essa ameaça nem sequer foram identificados, o que torna o problema ainda mais grave. Novas atualizações sobre essa situação serão imediatamente publicadas no site oficial da companhia.

Cupons de desconto TecMundo: