Imagens de scanner corporal

Fonte da imagem: West Orlando News

Os scanners corporais são máquinas semelhantes a equipamentos de raios-X, gerando imagens detalhadas do corpo das pessoas mesmo através das roupas. Enquanto ativistas dos direitos humanos reclamam da invasão de privacidade, as forças de segurança nacional americanas garantem que o resultado do uso dos aparelhos ajuda no combate ao terrorismo.

Através de microondas, esse tipo de equipamento permite que revistas detalhadas sejam feitas sem contato físico entre agente de segurança e suspeito. As imagens obtidas são tão detalhadas que agentes do Aeroporto de Internacional de Miami passaram meses fazendo piadas sobre os “dotes físicos” de um dos funcionários.

Depois de aguentar as brincadeiras durante o período, o agente Rolando Negrin agrediu um dos seus colegas de trabalho, para então exigir desculpas pela zoação no estacionamento do aeroporto. Negrin pagou 7.500 dólares de fiança e responde a processo por agressão.

Em uso rotineiro, as imagens dos passageiros submetidos à revista “high-tech” são feitas em salas separadas e os rostos dos investigados são borrados. Ainda assim, imagens obtidas por estes aparelhos foram liberadas na rede, aumentando os protestos contra o uso da tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: