Google Chrome                Adobe Flash

Na tentativa de evitar que usuários sejam atacados por malwares, o Google Chrome resolveu isolar o conteúdo Flash em sua sandbox (caixa de areia em uma tradução livre, um local virtual de onde você pode acessar conteúdo sem causar danos).

Flash é uma maneira comum de atacar computadores, principalmente por conta da negligência dos usuários que nem sempre atualizam a versão de seu computador. Somado a isso, levamos em conta a quantidade considerável de falhas de segurança e temos usuários que são alvos fáceis para quem está mal-intencionado.

Para contornar esta situação, o Chrome já apresentou uma alternativa: um plugin de Flash interno, que faz atualizações automaticamente. Mesmo assim, para não correr riscos e oferecer aos usuários a maior segurança possível, o navegador tomou novas medidas.

Agora, o conteúdo em Flash passa a ser enviado diretamente para a sandbox, evitando que possa danificar seu sistema através do Chrome, executando seus códigos em um ambiente seguro.

Dessa forma o conteúdo tem acesso limitado ao seu sistema, evitando que qualquer malware possa rodar. A previsão é de que esta nova função para o Flash Player deva chegar ao navegador em janeiro de 2011.

Cupons de desconto TecMundo: