(Fonte da imagem: Reprodução/Época Negócios)

A ideia de que comprar em lojas físicas seria uma alternativa 100% segura em comparação com vendas online pode estar com os dias contados. A empresa especializada em segurança Seculert emitiu um alerta sobre o Dexter, um malware capaz de roubar informações de cartão de crédito e  que estaria presente em centenas de pontos de venda dos Estados Unidos, Canadá e Europa, principalmente.

A praga estaria presente em terminais de autoatendimento ou máquinas de cartão de crédito, como nas encontradas em cinemas, restaurantes, aeroportos e hotéis. O Dexter teria sido criado para ter como alvo principal os computadores ligados a esses equipamentos, com sistemas baseados em Windows XP, mas também foi encontrado rodando em máquinas com Home Server, Windows Server 2003 e Windows 7.

Os dados obtidos pela máquina são hospedados em um servidor já identificado, localizado nas Ilhas Seychelles. De posse das informações, os criminosos digitais podem realizar uma série de ações, desde simples compras online até a clonagem dos cartões de crédito das vítimas.

Brasil seguro (por enquanto)

O Brasil não está entre os 40 países identificados como focos da praga. A falta de atualização nesse tipo de terminal, porém, pode acabar sendo um catalisador para a proliferação do Dexter, mesmo com ele já sendo amplamente conhecido pelas empresas de segurança. Isso significa que, eventualmente, o malware também pode dar as caras por aqui.

A Seculert preferiu não revelar a lista de estabelecimentos infectados. Entre as recomendações para se proteger, a companhia indica o monitoramento constante das faturas de cartão de crédito e pede que os usuários evitem usar terminais de autoatendimento em locais de grande circulação de pessoas.

Cupons de desconto TecMundo: