É seguro compartilhar sua localização com aplicativos?

3 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: É seguro compartilhar sua localização com aplicativos?
Imagem: gettyimages

Quando você acessa um aplicativo, é bem provável que ele peça autorização para rastrear a sua localização. E é mais comum ainda que as pessoas autorizem sem nem pensar se isso é seguro ou não.

Afinal, quais portas você está abrindo quando deixa que um aplicativo “siga” você? E como fazer para proteger os seus dados? Neste texto, compartilhamos tudo o que você precisa saber para usar os seus apps com segurança.

smart people are cooler

Tecnologia, negócios e comportamento sob um olhar crítico.

Assine já o The BRIEF, a newsletter diária que te deixa por dentro de tudo

Por que os apps pedem para rastrear sua localização?

kaspersky localização (Fonte: GettyImages/Reprodução)

Talvez esta seja uma questão misteriosa para você: afinal, por que um app quer tanto saber qual é a sua localização? Há diferentes respostas para essa pergunta. Muitos aplicativos vão usar esses dados para melhorar sua experiência durante o uso: eles podem sugerir bons estabelecimentos via geolocalização, possibilitar que você faça check-in em locais que gosta nas suas redes sociais, ou até sugerir perfis próximos geograficamente, no caso de apps de namoro. Ou seja, para certos softwares, saber onde você está é fundamental.

Entretando, especialistas em segurança sugerem que você não deixe o acesso à localização ligado o tempo todo. O que pode acontecer é uma invasão indesejada da sua privacidade. Isso porque, existem apps que vendem os dados coletados para outras empresas, que podem usar as suas informações de localização para oferecer propagandas de serviços e produtos indesejados a você, por exemplo.

Outro motivo é que o acesso à localização pode, também, deixá-lo mais vulnerável a ciberataques. A razão disso é que suas informações de localização, bem como outros dados que você compartilha, ficam armazenadas nos bancos de dados da empresa dona do app. Caso a empresa seja hackeada, seus dados podem ser vazados e utilizados por cibercriminosos.

Como evitar o rastreamento da sua localização?

kaspersky localização(Fonte: GettyImages)

O mais adequado é permitir o compartilhamento da localização apenas enquanto o aplicativo estiver sendo usado e somente se isso for realmente necessário. Por isso, é fundamental ficar ligado sobre como verificar se suas informações estão abertas para os apps, bem como manter boas práticas de segurança. Veja algumas dicas:

Verifique quais apps têm permissão para usar sua localização

Independentemente do sistema operacional do seu aparelho, você pode verificar as autorizações de rastreamento e revogá-las sempre que achar necessário. Isso é feito nas configurações do seu dispositivo, nas seções ligadas à privacidade ou aplicativos.

Autorize apenas para quando estiver usando

Quando você instala um aplicativo no celular, geralmente aparece na tela um pedido de autorização. Dependendo do app, isso pode incluir acesso aos seus contatos, permissão para fazer ligações e localização em tempo real, entre outros.

Falando em localização, há três opções: autorizar, autorizar apenas durante o uso e não autorizar. O ideal é dar a autorização apenas para quando estiver utilizando – a maioria dos apps não necessita de execução em segundo plano, ou seja, quando você não os está utilizando.

Instale apenas aplicativos confiáveis

Tanto a AppStore, da Apple, quanto a Google Play, do Android, oferecem um selo de verificação para aplicativos considerados confiáveis. O ideal é instalar apenas apps com essa comprovação, para garantir que não está colocando seu dispositivo e seus dados em risco.

Desinstale apps que não usa

Muita gente tem o hábito de instalar um aplicativo, deixar de usá-lo, mas nunca lembrar de deletá-lo. Isso pode abrir brechas de vulnerabilidade quanto ao acesso aos seus dados. A sugestão então é criar uma rotina de fazer uma checagem e deletar os apps que você não tem costume de abrir. Se houver necessidade, você sempre poderá instalá-los de novo.

Use VPN

Usar uma Rede Privada Virtual (VPN) é uma das formas de proteger a privacidade na internet. Uma boa rede, como a Kaspersky VPN, faz a criptografia da sua conexão, ocultando o endereço IP do seu dispositivo. Essa criptografia impede que a sua localização, mensagens e outros dados sejam rastreados e expostos online.

É sempre bom lembrar que, além da questão da localização, há vários outros riscos causados por apps maliciosos. Eles podem, até mesmo, danificar os seus dispositivos de forma permanente. Por isso, a atitude mais recomendada é sempre manter um sistema de segurança de confiança nos seus dispositivos.

A Kaspersky, líder no mercado de cibersegurança, oferece três opções de plano que podem ser usadas tanto no seu smartphone quanto no computador. Eles incluem VPN, bem como proteção antivírus, antimalware e antiransomware, assim, você tem sempre a certeza de que estará protegido de qualquer tipo de ameaça.

smart people are cooler

Tecnologia, negócios e comportamento sob um olhar crítico.

Assine já o The BRIEF, a newsletter diária que te deixa por dentro de tudo

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.