O aperfeiçoamento dos softwares facilita o acesso às contas bancárias (Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)
Uma pesquisa divulgada recentemente trouxe mais preocupações quanto à segurança na internet: de acordo com pesquisadores da Trend Micro, do Japão, os programas SpyEye e Zeus — os mais perigosos no roubo de contas bancárias online — estão mais sofisticados, realizando transferências automáticas sem que um hacker tenha que comandá-los diretamente.

A revelação deixa em estado de alerta diversos bancos — especialmente pelos softwares já possuírem em seu histórico o roubo de 13 mil euros de uma única conta. Eles são normalmente instalados no computador dos clientes a partir do acesso a sites fraudulentos e estão, ainda segundo a pesquisa, sendo utilizados com maior frequência.

Tal afirmação baseia-se na identificação feita pelos pesquisadores a ataques com as novas versões dos softwares contra instituições financeiras na Itália, Alemanha e Reino Unido — algo que prova o “poder” desses programas, já que grande parte dos bancos europeus possuem tecnologias de defesa superiores às dos bancos dos Estados Unidos, por exemplo.

Fonte: G1

Cupons de desconto TecMundo: