Xiaomi revela novo padrão de segurança para dispositivos IoT

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi revela novo padrão de segurança para dispositivos IoT
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

A Xiaomi revelou as novas diretrizes que definem requisitos de hardware, software e métodos de comunicação em dispositivos com o conceito de Internet das Coisas (IoT) da marca. O padrão 2.0 estabelece algumas regras de segurança e privacidade que todos os dispositivos da Xiaomi devem seguir.

As novas orientações incluem segurança de comunicação, autenticação e controle de acesso, inicialização segura, exclusão de dados, entre outras novidades. Inclusive, a Xiaomi disse que as novas diretrizes também foram projetadas para serem usadas por outras empresas e, assim, garantir que os consumidores permaneçam seguros.

Até o momento, não existe um padrão de segurança global que esteja sendo implementado publicamente pelas fabricantes de aparelhos IoT. Com isso, os dispositivos conectados acabam ficando expostos e frequentemente viram alvo de ataques de hackers.

Xiaomi mais segura

Apesar de não ser reconhecida pela segurança e privacidade dos seus dispositivos, a companhia chinesa criou o Mesh System AX3000 e recebeu o certificado IoT Kitemark da British Standard Institution (BSI), conhecida por certificar apenas produtos IoT verdadeiramente seguros. A Xiaomi também já havia recebido a certificação nos produtos Mi 360° Home Security Camera 2K e no aplicativo Xiaomi Home.

Mesh System AX3000Mesh System AX3000Fonte:  Xiaomi 

“Os dispositivos conectados podem trazer enormes benefícios para a sociedade, mas é imperativo que sua função e segurança possam ser confiáveis durante toda a vida útil do dispositivo. Ao alcançar o Kitemark para dispositivos IoT em seu produto e ter seus sistemas testados e monitorados de forma regular e independente, a Xiaomi está demonstrando aos consumidores seu compromisso com a proteção das informações. Parabéns à equipe da Xiaomi por esta conquista”, disse o diretor de certificação de produtos digitais e conectados da BSI Global, David Mudd.

A segurança relacionada aos dispositivos IoT está se tornando uma preocupação no mundo, já que milhões de consumidores estão colocando aparelhos inteligentes em suas casas. Inclusive, a expectativa é que, cada vez mais, casas ao redor do mundo se conectem com dispositivos de Internet das Coisas.