IA é a principal aposta para cibersegurança em 2022; confira

1 min de leitura
Imagem de: IA é a principal aposta para cibersegurança em 2022; confira
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Impulsionado pelo distanciamento social, o home office se tornou uma realidade durante o auge da pandemia de covid-19. Com isso, as redes domésticas se tornaram o principal alvo de ataques cibernéticos, visto que não têm a mesma proteção que sistemas de segurança corporativos.

Para ajudar outras empresas a se protegerem e planejarem ações de segurança digital no próximo ano, a empresa de segurança PSafe divulgou as tendências de cibersegurança em 2022. Entre os destaques, a maior aposta é a adoção da Inteligência Artificial (IA) para os processos de proteção.

Como a inteligência artificial pode ajudar?

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)Fonte:  Shutterstock 

Segundo a empresa de segurança, a inteligência artificial já é utilizada para planejamento de golpes e realização de invasões. Com isso, as soluções de segurança terão que se adaptar ao cenário e adotar cada vez mais ferramentas de proteção que utilizam machine learning e o deep learning.

A PSafe exemplifica esse tipo de tecnologia com o serviço dfndr enterprise, oferecido pela companhia. A ferramenta realiza uma análise comportamental de possíveis ameaças, bloqueando possíveis ataques antes mesmo de alcançarem o dispositivo.

Outras tendências para 2022

A empresa especializada em segurança também aponta um crescimento nos ataques ransomware e phishing, o que exige investimento das corporações em proteger seus dados e de seus colaboradores. O levantamento ainda diz que o tratamento de dados deve se tornar uma das principais preocupações para as companhias, visto que a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) pode multar empresas por vazamentos em até R$ 50 milhões.

O 5G também não ficou de fora. Neste caso, a PSafe ressalta a importância de tomar medidas de prevenção, visto que os ataques que acontecem agora podem ganhar mais velocidade com o novo padrão de rede.