3 dicas para prevenir ataques cibernéticos no seu PC

4 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: 3 dicas para prevenir ataques cibernéticos no seu PC
Avatar do autor

Nos últimos meses, muitas pessoas passaram a utilizar seus computadores pessoais com mais frequência, para o trabalho ou para os estudos.

Com isso, alguns problemas relacionados à segurança do dispositivo podem ter surgido com o passar do tempo, tendo em vista que, atualmente, muitas ameaças podem comprometer as funções básicas do computador.

Além de malwares, os softwares maliciosos, que podem auxiliar a aplicação de golpes virtuais — com o acesso a contas bancárias, por exemplo —, há também vírus, spywares, ataques de hackers, entre outros.

Os focos dos ataques cibernéticos são variados, visando, sobretudo, a violação das informações privadas dos usuários e também o ganho de dinheiro de forma ilícita à custa de terceiros.

Contudo, além de um bom computador ou notebook, que traga em sua política de fabricação algumas diretrizes relacionadas à segurança, existem ações que podem te ajudar a se proteger no ambiente virtual. Nesse sentido, há algumas dicas que podem te ajudar a prevenir ataques cibernéticos em seu PC.

NotebookDivulgação/HP É preciso ter cuidado ao acessar a internet para não comprometer a funcionalidade de seu computador.

  1. Esteja atento ao desconhecido

Uma das principais ações para se prevenir de ameaças aos computadores diz respeito à atenção que os usuários dão para algo desconhecido.

Ao receber e-mails, por exemplo, há conteúdos classificados como spam que podem ou não ser maliciosos. Nesse sentido, um usuário antenado pode identificar uma ameaça apenas visualizando o conteúdo do informativo, verificando a URL como suspeita e nem ao menos clicando sobre ela.

Também é preciso ter bastante cuidado ao realizar qualquer download no computador, pois os malwares, spywares, worms e botnets estão à solta, sendo quase sempre incluídos em links espalhados pela internet, além de softwares de sites não oficiais. Estar atento ao que é oficial e não oficial é fundamental para escapar de armadilhas do tipo.

Treine sua visão para reconhecer essas ameaças que estão quase sempre ocultas. Vale destacar que também existem computadores no mercado que já trazem complementos para essas ações, auxiliando o usuário a ter um melhor entendimento sobre isso. Algumas linhas da HP são um bom exemplo.

ComputadorDivulgação/HP Fique atento a tudo aquilo que você recebe na internet, pois as ameaças podem estar muito bem escondidas.

  1. Se proteja das principais ameaças

Mas quais são todas essas ameaças e como podemos nos proteger de cada uma delas? Será que o seu computador pode oferecer soluções de proteção práticas e rápidas? Quais atitudes os usuários podem tomar para aumentar sua segurança no ambiente virtual?

Pensando nessas dúvidas, separamos algumas dicas importantes sobre os principais ataques cibernéticos que você pode sofrer:

Spam malicioso

Conforme explicado anteriormente, os conteúdos compartilhados através de e-mails podem ser configurados como spam, ou seja, quando são indesejados pelos usuários.

Apesar de serem inofensivos em uma boa parte dos casos, consistindo apenas em propagandas não solicitadas, alguns e-mails podem conter spams maliciosos, por isso, a dica anterior de se manter atento ao desconhecido pode ser fundamental.

Além disso, alguns plug-ins específicos já instalados e extensões para navegadores na web podem auxiliar os usuários nessa questão. Algumas dessas pequenas ferramentas são interessantes basicamente por fornecer alertas à segurança dentro de um navegador específico.

Malwares

Precisamos sempre de bons softwares para que nossas necessidades sejam atendidas no uso diário do computador. Entretanto, fique ligado sempre sobre onde baixar seus programas, pois há muitos softwares maliciosos espalhados pela internet. Quando um desses softwares são instalados nos dispositivos, eles podem fazer verdadeiros estragos.

E eles podem vir acompanhados de softwares que você realmente precisa e nem se dá conta do que está sendo instalado. Portanto, o uso de um bom antivírus é essencial nesses casos, pois impedirá que a instalação seja concluída antes de uma verificação sua.

Muitos computadores já têm seus próprios antivírus instalados, verifique-os para deixá-los sempre ativados. Os computadores da HP, por exemplo, vêm com uma segurança extra, da própria marca, para ir além do que o Windows já oferece.

Spywares

Na categoria de softwares maliciosos também estão os Spywares, que consistem em softwares espiões.

Uma vez instalados em seu equipamento, os Spywares podem coletar diversas informações privadas sobre seu comportamento durante o uso do computador, descobrindo senhas, gostos pessoais, atividades cotidianas, contas bancárias e também podem captar sua imagem, por meio da webcam.

Inclusive, existem diversos aplicativos que os hackers utilizam para vigiar as pessoas através das câmeras inclusas nos aparelhos. Além de utilizar o antivírus quando for instalar qualquer software, é interessante deixar sua webcam desconectada quando ela é avulsa ao dispositivo. Quando ela está inclusa, é importante ter um firewall ativo no computador, pois ele controlará o tráfego de rede e poderá informar se há alguma invasão indesejada.

  1. Bons aparelhos garantem boas práticas

Notebook HPMika Baumeister/Unsplash A HP alinhou boas práticas de segurança com seus computadores. (Fonte: Mika Baumeister/Unsplash/Reprodução)

No mercado de computadores, existem algumas opções com compromissos diretos com questões gerais da segurança virtual. A HP passou a investir, nos últimos anos, nesses aspectos gerais, sobretudo para garantir que os consumidores tenham mais autonomia em suas atividades, sem precisarem se preocupar com possíveis falhas de segurança o tempo todo.

No desenvolvimento dos computadores da marca, inovações em segurança são ofertadas para todos, principalmente quando se pensa na questão da descentralização do trabalho causada pela pandemia, que trouxe as redes corporativas para ambientes remotos, como home offices — deixando muitos dados vulneráveis longe dos ambientes de controle das empresas.

Os computadores da HP enfatizam a segurança, oferecendo ferramentas como Sure Star, Sure Recover e Sure View, por exemplo, que garantem uma proteção avançada aos usuários. Inclusive, por usar o sistema BIOS, em nível firmware, caso um ataque inesperado aconteça, as cópias de segurança poderão recuperar e restaurar os sistemas de forma automática — com ou sem acesso à internet.

Portanto, investir em bons computadores, que já tragam práticas de segurança em sua fabricação, pode ser fundamental para que os ataques cibernéticos não cheguem ao seu dispositivo. E empresas que estejam alinhadas a essas questões certamente demonstram um grande comprometimento com seus consumidores.