Criminosos usam filmes do Oscar para roubar informações de usuários

1 min de leitura
Imagem de: Criminosos usam filmes do Oscar para roubar informações de usuários
Imagem: Pexels
Avatar do autor

No próximo domingo (25), acontece o Oscar 2021 e as pessoas já estão procurando plataformas para assistir a premiação. A alta quantidade de buscas, no entanto, pode abrir brechas para criminosos cibernéticos enganarem os usuários com o objetivo de roubar informações sensíveis ou espalhar vírus.

Segundo divulgado pela Kaspersky, empresa líder em soluções de cibersegurança, não foi preciso muito tempo online para encontrar perigos na internet envolvendo a cerimônia. Um problema comum são os sites que se passam por serviços de streaming e que, após alguns minutos de filme, pedem que o usuário faça um cadastro na plataforma, utilizando o número do cartão de crédito.

Além disso, a empresa também fez a análise de vários arquivos de download ilegal dos indicados a Melhor Filme. Foram encontrados 80 documentos com diversos tipos de malware. Entre as produções mais "infectadas" estão os filmes Judas e o Messias Negro (23%); Bela Vingança (22%) e Os 7 de Chicago (21%).

O analista da Kaspersky, Fábio Assolini, explica que os criminosos sempre estão atentos no interesse dos usuários para conseguir tirar proveito da situação. “Grandes eventos da indústria cinematográfica podem alavancar o interesse dos golpistas, mas esse tipo de atividade não é mais tão popular como costumava ser. Atualmente, as pessoas estão aderindo mais aos serviços de streaming, que são mais seguros”, afirma.

Se você prentende assistir aos filmes do Oscar em segurança, mas ainda não sabe onde as produções estão disponíveis, confira a lista que o TecMundo preparou.