Criminosos usam apps falsos da Microsoft Store para roubar dados

1 min de leitura
Imagem de: Criminosos usam apps falsos da Microsoft Store para roubar dados
Imagem: Microsoft
Avatar do autor

Uma nova modalidade de golpe virtual está circulando na forma de aplicativos falsos da Microsoft Store, a loja de ferramentas e jogos do Windows.

Segundo a empresa de segurança ESET, os criminosos utilizam propagandas em forma de links e banners para atrair usuários até um site que simula a loja de aplicativos do sistema operacional — porém com um domínio que nada tem a ver com a companhia. Um jogo de xadrez é o exemplo usado pelos especialistas, mas esse não é o único app utilizado no golpe.

O programa baixado é, na verdade, um arquivo compactado .ZIP que contém malwares conhecidos como FickerStealer. Eles são especializados em roubar dados das vítimas, incluindo login, senha, dados bancários ou de carteiras de criptomoedas e informações pessoais de cadastros.

A ameaça pode até tirar capturas de tela do seu computador, enviando o material para os responsáveis pelo golpe para posteriormente chantagear as vítimas.

A América do Sul é um dos alvos atuais desse malware, mais especificamente Peru, Argentina e Colômbia. Além de apps da loja da Microsoft, o mesmo vírus se disfarça de conversor de PDFs e da plataforma de streaming Spotify.

Criminosos usam apps falsos da Microsoft Store para roubar dados