Facebook critica Apple por bloquear rastreamento de anúncios

1 min de leitura
Imagem de: Facebook critica Apple por bloquear rastreamento de anúncios
Imagem: Eric Risberg/AP Photo
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Em mais um capítulo da recente disputa pública entre a Apple e o Facebook, a respeito das alterações de privacidade do iOS14, a temperatura se elevou bastante ontem (16), após a empresa de Mark Zuckerberg ter publicado anúncios de página inteira atacando a Apple nos jornais The Wall Street Journal , New York Times e Washington Post.

O novo anúncio afirma que essas mudanças planejadas para o novo sistema operacional iOS, implantado em setembro passado, “vão mudar a internet como a conhecemos” e obrigar sites e blogs “a começar a cobrar taxas de assinatura” ou incluir compras nos aplicativos por falta de anúncios personalizados.

Fonte: The New York Times/ReproduçãoFonte: The New York Times/ReproduçãoFonte:  The New York Times 

As tão contestadas alterações no iOS 14 estão agendadas entrar em vigor no início de 2021, e dizem respeito à exigência de que os desenvolvedores peçam permissão para coletar dados e rastrear usuários em aplicativos móveis e sites a partir de um iPhone ou iPad.

A Apple até já revelou a mensagem que aparecerá nos seus aparelhos, com uma observação “Permitir que o Facebook rastreie sua atividade em aplicativos e sites de outras empresas?”. Na própria mensagem, há um adendo, afirmando “o Facebook pode explicar por quê os usuários devem permitir o rastreamento”.

Fonte: Apple/DivulgaçãoFonte: Apple/DivulgaçãoFonte:  Apple 

O impacto das novas políticas de privacidade do iOS 14

Embora se coloque no anúncio como “defensora das pequenas empresas em geral”, quem mais perde com as novas políticas de privacidade anunciadas pela Apple é mesmo o Facebook, pois, se a maioria dos usuários recusar o rastreamento, o aplicativo não poderá mais oferecer anúncios personalizados, que são muito mais rentáveis para a empresa do que os anúncios genéricos.

A briga entre as duas Big Techs também reflete uma pressão crescente da indústria de games contra as restrições de apps de jogos em nuvem no iOS, o que também rendeu críticas do Facebook à App Store da Apple no início do ano.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Facebook critica Apple por bloquear rastreamento de anúncios