'Apps de Minecraft' enganam milhões de usuários na loja do Android

1 min de leitura
Imagem de: 'Apps de Minecraft' enganam milhões de usuários na loja do Android
Imagem: Roblox
Avatar do autor

A empresa de segurança digital Avast encontrou diversos aplicativos para Android que se fingiam de serviços e utilitários para jogos, mas na verdade eram tentativas de aplicar um golpe no usuário.

Os apps são conhecidos como "fleeceware" e, inicialmente, oferecem alguma vantagem muito tentadora por um período gratuito de testes, como moedas sem custo ou itens especiais de um jogo. Desse modo, quem vai atrás de novas skins, papéis de parede ou modificações para o jogo acaba até concordando com a cobrança, mas acaba tendo que pagar um valor muito mais alto do que o esperado.

Aos poucos, o aplicativo começa a fazer cobranças no seu cartão, o que pode levar a grandes prejuízos de vítimas desavisadas ou que não conferem a fatura com frequência. Como o processo ocorre dentro do modelo de assinaturas oferecido pela Google Play Store, o golpe pode ficar ainda mais tempo no ar.

A lista de apps fraudulentos identificados na loja do Android.A lista de apps fraudulentos identificados na loja do Android.Fonte:  Avast 

O relatório da Avast aponta sete aplicativos relacionados a dois jogos populares, especialmente entre um público mais jovem: Minecraft e Roblox. Dois deles já haviam ultrapassado 1 milhão de downloads e cobravam uma assinatura de US$ 30 por semana.

A companhia já entrou em contato com a Google, mas até a publicação desta matéria os apps ainda estavam no ar.

Um dos apps considerados nocivos.Um dos apps considerados nocivos.Fonte:  Avast 

Se você instalou ou assinou um desses serviços, desinstale-o imediatamente e faça o cancelamento de contrato no item "Assinatura" do menu da loja virtual.

Fontes

'Apps de Minecraft' enganam milhões de usuários na loja do Android