British Airways vaza dados e é multada em R$ 145 milhões

1 min de leitura
Imagem de: British Airways vaza dados e é multada em R$ 145 milhões
Imagem: Reuters/Reprodução
Avatar do autor

A companhia aérea British Airways está sendo multada em 20 milhões de libras esterlinas (próximo de R$ 145 milhões) por ter sido alvo de um volumoso vazamento de dados que afetou milhares de consumidores. Primeiramente estipulada na casa das 183 milhões de libras, o valor foi reduzido devido ao “impacto econômico propiciado pela covid-19” e outros fatores.

Em 2018, a British Airways foi alvo de um ataque hacker que expôs dados pessoais e de cartão de crédito de 400 mil consumidores. Os sistemas internos da companhia foram comprometidos pelos atacantes, que logo partiram para as informações dos usuários — login, dados de pagamento, detalhes de itinerários, nomes completos e endereços — e violaram sua integridade.

Segundo a Information Commissioner’s Office (ICO), órgão responsável pela proteção de dados públicos, o sistema que operava nos servidores da British Airways não contava com importantes mecanismos de segurança — como a autenticação de múltiplos fatores —, mesmo que já estivessem disponíveis no software da Microsoft contido nas máquinas.

a  Reuters/Reprodução 

“Quando organizações tomam decisões erradas sobre os dados pessoais alheios, isso pode ter impacto real na vida dessas pessoas. A lei agora passa a nos dar ferramentas que incentivam tomadas de decisões mais eficientes quando relacionadas a dados, incluindo investimentos em tecnologias de segurança atualizadas”, comentou Elizabeth Denman, integrante do ICO.

Anteriormente, o caso chamou atenção do mundo pelo valor recorde da multa e pela abertura de precedentes. Na época, a British Airways afirmou que recorreria a multa, alegando ter “respondido rapidamente ao ato criminoso de roubo de dados” e de “não ter encontrado evidências de fraude ou atividade fraudulenta nas contas ligadas ao roubo”.

Dois anos depois, a multa final foi reduzida significativamente, poupando 163 milhões de libras da companhia. Um porta-voz comentou publicamente sobre a decisão e descreve que a empresa “é grata pelo reconhecimento da ICO aos aprimoramentos do sistema de segurança e pela cooperação da empresa nas investigações.”.

British Airways vaza dados e é multada em R$ 145 milhões