Maioria dos brasileiros é contra rastrear mensagens, diz pesquisa

1 min de leitura
Imagem de: Maioria dos brasileiros é contra rastrear mensagens, diz pesquisa
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Uma pesquisa do Datafolha sobre privacidade nas redes sociais e fake news, divulgada nesta quinta-feira (6) pelo UOL, mostra que a maioria dos brasileiros é contra o rastreamento de conversas em apps de mensagens.

Segundo o estudo, encomendado pelo Facebook, 87% das 1.533 pessoas entrevistadas acreditam ter o direito a usar aplicativos como o WhatsApp e o Telegram, entre outros, sem que a origem das suas conversas seja rastreada. O levantamento foi motivado pelo PL das Fake News, aprovado no Senado em junho, que prevê o armazenamento de dados para possibilitar a identificação de quem dispara mensagens em massa.

Na pesquisa, os entrevistados também foram questionados sobre a obrigatoriedade de apresentar documentos de identidade para criar uma conta em redes sociais, outro ponto abordado pelo projeto atualmente em discussão na Câmara. Para 64% dos participantes, tal exigência não é válida, enquanto 35% defendem a ideia.

O WhatsApp é a principal fonte de informação da maioria dos brasileiros, segundo a pesquisa.O WhatsApp é a principal fonte de informação da maioria dos brasileiros, segundo a pesquisa.Fonte:  Unsplash 

Já quanto à moderação de conteúdo, igualmente instituída pelo projeto de lei, a maioria se mostrou favorável à remoção de materiais nocivos das redes sociais. Entre as pessoas ouvidas, 68% apoiam a medida, mas 28% delas acreditam ser necessário dar tempo aos envolvidos para se defender, antes das remoções das postagens.

Desinformação e comportamento na internet

As fake news também foram tema da pesquisa, que questionou os participantes a respeito do assunto. Entre os ouvidos, 71% relataram já ter recebido conteúdo falso ou duvidoso. E para 80%, a punição a quem financia a desinformação é importante, enquanto 7% deles discordam.

O Datafolha também averiguou, neste levantamento, o comportamento dos brasileiros na web. Neste quesito, o app de mensagens que pertence ao Facebook foi apontado por 86% dos entrevistados como o serviço mais utilizado para se informar. Além disso, 64% deles usam o WhatsApp para trabalhar e 92% para se comunicar.

Fontes

Maioria dos brasileiros é contra rastrear mensagens, diz pesquisa