Auxílio Emergencial: Caixa vai regularizar contas bloqueadas

1 min de leitura
Imagem de: Auxílio Emergencial: Caixa vai regularizar contas bloqueadas
Imagem: https://interior.ne10.uol.com.br/noticias/2020/04/28/saiba-como-fazer-para-sacar-auxilio-emergencial-da-poupanca-digital-187745
Avatar do autor

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou um calendário para que os beneficiários do Auxílio Emergencial que tiveram suas contas bloqueadas por suspeita de fraude compareçam às agências do banco para regularizarem o acesso.

Desde que o benefício começou a ser pago, cidadãos de todo o país começaram a reclamar de irregularidades, como a tentativa frustrada de sacar o dinheiro e o aviso de que o saque já havia sido feito, o que deixou milhares de beneficiários inconsolados, se aglomerando nas agências da CEF.

Fraude ou documentação pendente

A CEF bloqueou milhares de contas de beneficiários, dentre os quais 51% delas foi devido à suspeita de fraude. Nesses casos, o cidadão, ao tentar realizar o acesso pelo Caixa Tem, será avisado sobre a necessidade de procurar uma agência do banco para regularizar o acesso.

Fonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte:  Caixa Econômica Federal/Divulgação 

Calendário para regularização

Os cidadãos que receberem a mensagem para comparecer a uma agência da Caixa terão que obedecer a um calendário, justamente como uma medida para evitar aglomerações durante a pandemia.

O calendário foi definido com base no mês de nascimento dos cidadãos e pode ser conferido logo abaixo:

Fonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte:  Caixa Econômica Federal/Divulgação 

As outras contas bloqueadas (49% do total) tiveram o acesso ao Caixa Tem interrompido devido a pendências na documentação.

Neste caso, os cidadãos devem acessar o aplicativo e tocar no menu “Liberar acesso”. Em seguida, duas mensagens são exibidas: “Para finalizar a validação do seu cadastro, vamos precisar que envie seus documentos pelo WhatsApp” e “Para iniciar a conversa, clique no link abaixo e mande a palavra CADASTRO”.

Fonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte: Caixa Econômica Federal/DivulgaçãoFonte:  Caixa Econômica Federal/Divulgação 

Agora, basta que o beneficiário toque no link para iniciar a conversa pelo WhatsApp, por onde os documentos pendentes serão enviados.