Site adulto vazou mais de 11 mil dados sensíveis de seus modelos

1 min de leitura
Imagem de: Site adulto vazou mais de 11 mil dados sensíveis de seus modelos
Avatar do autor

Nesta sexta-feira (24), a agência de notícias TechCrunch divulgou uma grave falha de segurança que ocorreu no site adulto SexPanther.

O site, que possui sede em Arizona nos Estados Unidos, armazenava mais de 11 mil documentos de modelos na nuvem pelo Amazon Web Services (AWS). No entanto, não havia nenhuma senha de segurança.

Entre os documentos expostos estavam passaportes e carteiras de habilitação. Diversos dados sensíveis como nomes de modelos, datas de nascimento, endereços e fotos estavam disponíveis para qualquer um que entrasse na pasta.

O site SexPanther permite que modelos ganhem uma comissão a partir de mensagens, vídeos e fotos que são enviadas para os clientes. Por esse motivo, além de informações pessoais, a pasta também continha mais de 100 fotos e vídeos íntimos.

(Fonte: Kris Gaiato/Reprodução)

Segundo o TechCrunch, especialistas da empresa de segurança Fidus investigaram e encontraram evidências de que a pasta pertencia à companhia. O administrador do SexPanther, Alexander Guizzetti, foi notificado logo em seguida da possível falha.

"Nossas equipes jurídicas e de segurança ainda estão investigando, mas no momento não há evidências de que houve acesso aos dados, com exceção da empresa de segurança que encontrou a falha e informou à mídia.", disse um porta-voz do SexPanther ao CNET através do Twitter.

Em uma hora após a notificação, a vulnerabilidade foi corrigida. Outro caso parecido com esse aconteceu com o site adulto Wife Lovers que expôs 1,2 milhões de dados sensíveis não de modelos, mas de usuários — incluindo nomes completos, e-mails, enedereços de IP, logins e senhas.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Site adulto vazou mais de 11 mil dados sensíveis de seus modelos