Imagem de: Políticos que quebrarem regras do Twitter serão marcados com alertas

Políticos que quebrarem regras do Twitter serão marcados com alertas

1 min de leitura
Avatar do autor

O Twitter vai iniciar um trabalho para inibir a quebra nas regras de serviço entre políticos e líderes mundiais. Entre os assuntos que envolvem violações nos termos de serviço da rede social, estão tweets que contenham discurso de ódio, violência e bullying.

A ideia do Twitter, de acordo com uma publicação feita hoje (27), é “proteger as conversas públicas e saudáveis”. “No passado, permitimos que certos tweets que violavam nossas regras permanecessem no Twitter porque eram do interesse do público, mas não ficou claro quando e como fizemos essas determinações. Para corrigir isso, estamos introduzindo um novo aviso que fornecerá clareza adicional nessas situações e compartilharemos mais sobre quando e por que usaremos isso”, escreveu a rede social.

A nova política atingirá políticos e candidatos verificados com mais de 100 mil seguidores

O Business Insider cita o caso do presidente norte-americano Donald Trump, que já teve problemas no Twitter envolvendo discurso de ódio. Agora, caso se envolve novamente nesta questão, seus tweets apresentarão um alerta prévio aos usuários.

“Estamos introduzindo um novo aviso que fornecerá clareza adicional nessas situações e compartilharemos mais sobre quando e por que usaremos isso”, escreveu o Twitter. “Há certos casos em que pode ser do interesse do público ter acesso a certos tweets, mesmo que, de outra forma, violem nossas regras. Nas raras ocasiões em que isso acontecer, colocaremos um aviso — uma tela na qual você deverá clicar ou tocar antes de ver o tweet — para fornecer contexto e clareza adicionais”.

A nova política atingirá políticos e candidatos verificados com mais de 100 mil seguidores, afirma o Twitter. Atualmente, a rede social já coloca alertas sobre conteúdos sensíveis, como vídeos de violência gráfica.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Políticos que quebrarem regras do Twitter serão marcados com alertas