A Receita Federal apreendeu nesta terça-feira (04) mais de 3,2 mil produtos sem nota fiscal, provenientes de compras importadas feitas pela internet. A apreensão foi feita no Centro de Tratamentos de Cartas e Encomendas dos Correios em Bauru (SP) e totaliza R$ 2 milhões.

A Receita Federal chegou a 100 empresas que revendem produtos sem nota fiscal, o que caracteriza contrabando, todas endereçadas da fronteira com o Paraguai. Entre os objetos confiscados estão celulares, relógios, roteadores, receptores de satélite e muito mais.

"La garantia soy yo"

Os consumidores que adquiriram produtos dessas empresas ficarão sem receber as mercadorias ou reembolso. Situações como essa reforçam o cuidado necessário ao comprar produtos pela internet e em sites desconhecidos que sejam muito mais baratos do que o convencional.

De acordo com a Receita Federal, as empresas que fizeram as vendas serão intimadas a prestar depoimento. A pena para o crime de contrabando é de 2 a 5 anos de prisão.

Cupons de desconto TecMundo: